Nova técnica para o tratamento do refluxo chega ao Brasil

Um dos problemas mais comuns do aparelho digestivo, presente em mais de 20% da população brasileira, segundo dados da Faculdade de Medicina da USP, é o refluxo gastroesofágico. Os principais sintomas são a queimação, a regurgitação e a azia. O refluxo do ácido gástrico para o esôfago costuma produzir queimaduras na parte interna do esôfago e, se não houver tratamento adequado, as paredes podem ficar tão machucadas que há um aumento das chances de se ter complicações como úlceras, e até mesmo um câncer no esôfago, por exemplo. Uma alternativa que têm trazido resultados muito satisfatórios em regiões como Ásia, Europa e alguns países da América Latina, e que chega ao Brasil a partir de agosto, é a terapia com o dispositivo EndoStim.

Leia mais